quarta-feira, 16 de junho de 2010

Imagem Calma

Te busco nas coisas mais simples,
como numa flor perdida nas páginas de um livro
ou num verso solto no papel.

Me visto de recordações
para sentir tua presença bem próxima a mim,
embora estejas tão distante e tão próxima.

Aportam-me lembranças de um ontem
que de alguma forma,
sem nossa permissão,
se constroem em um hoje
de gestos singelos e meigos.

(16/06/2010)

Um comentário: