quinta-feira, 9 de setembro de 2010

***

***

Teu rosto se desenha
em nuvens que se dissolvem
no opaco azul das ilusões.

Escureço em meio a luz
que brota de teus lábios
e me dissolvo
na aurora de teus cabelos
no gesto mais sereno
de entrega e renúncia.

09/09/2010